Antes tarde que nunca! Eu aprendi…

 

Aprendi que eu não posso exigir o amor de ninguém, posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e ter paciência, para que a vida faça o resto. 

Aprendi que não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim, tem gente que não dá a mínima e eu jamais conseguirei convencê-las.

Aprendi que posso passar anos construindo uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos. Que posso usar meu charme por apenas 15 minutos, depois disso, preciso saber do que estou falando. 

Eu aprendi… Que posso fazer algo em um minuto e ter que responder por isso o resto da vida. Que por mais que se corte um pão em fatias, esse pão continua tendo duas faces, e o mesmo vale para tudo o que cortamos em nosso caminho. 

Aprendi… Que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência. Mas, aprendi também, que posso ir além dos limites que eu próprio coloquei. 

Aprendi que preciso escolher entre controlar meus pensamentos ou ser controlado por eles. Que os heróis são pessoas que fazem o que acham que devem fazer naquele momento, independentemente do medo que sentem. 

Aprendi que perdoar exige muita prática. Que há muita gente que gosta de mim, mas não consegue expressar isso. 

Aprendi… Que nos momentos mais difíceis a ajuda veio justamente daquela pessoa que eu achava que iria tentar piorar as coisas. 

Aprendi que posso ficar furioso, tenho direito de me irritar, mas não tenho o direito de ser cruel. Que jamais posso dizer a uma criança que seus sonhos são impossíveis, pois seria uma tragédia para o mundo se eu conseguisse convencê-la disso. 

Eu aprendi… que meu melhor amigo vai me machucar de vez em quando, que eu tenho que me acostumar com isso. Que não é o bastante ser perdoado pelos outros, eu preciso me perdoar primeiro. 

Aprendi que, não importa o quanto meu coração esteja sofrendo, o mundo não vai parar por causa disso. 

Eu aprendi… Que as circunstâncias de minha infância são responsáveis pelo que eu sou, mas não pelas escolhas que eu faço quando adulto. 

Aprendi que numa briga eu preciso escolher de que lado estou, mesmo quando não quero me envolver. Que, quando duas pessoas discutem, não significa que elas se odeiem; e quando duas pessoas não discutem não significa que elas se amem. 

Aprendi que por mais que eu queira proteger os meus filhos, eles vão se machucar e eu também. Isso faz parte da vida. 

Aprendi que a minha existência pode mudar para sempre, em poucas horas, por causa de gente que eu nunca vi antes. 

Aprendi também que diplomas na parede não me fazem mais respeitável ou mais sábio. 

Aprendi que as palavras de amor perdem o sentido, quando usadas sem critério. E que amigos não são apenas para guardar no fundo do peito, mas para mostrar que são amigos. 

Aprendi que certas pessoas vão embora da nossa vida de qualquer maneira, mesmo que desejemos retê-las para sempre. 

Aprendi, afinal, que é difícil traçar uma linha entre ser gentil, não ferir as pessoas, e saber lutar pelas coisas em que acredito.   

  

Baia de Guanabara x Olimpíadas #Rio2016

baiadeguanabara_ascom_95Está em foco o problema da sujeira na Baia de Guanabara, devido a próxima Olimpíada.

Triste é que é necessário um evento especial para haver uma atenção e mobilização para um problema que nem deveria ter começado a existir. O Grande Rio teve pelo menos décadas, se não até um século, para se adequar aos requisitos de uma cidade moderna no que concerne ao descarte de seus esgotos.

Mais triste ainda é que mesmo com a pressão externa surgida para o problema, as competentes forças internas não são capazes de resolver o assunto.

Nas vezes que viajamos na Europa observamos como é absolutamente normal todos os veios naturais de água serem limpos, em geral cristalinos. Quer passem por cidades ou pequenas aldeias suas águas são limpas. Considerando a densidade populacional isso é notável para nós e completamente natural, óbvio, para os residentes.

Nas milhares de pequenas cidades e aldeias, não se observa instalações de tratamento de esgoto. Na época de nossas passagens não tínhamos a atenção desperta para esse assunto e deixamos de examiná-lo melhor. Talvez tenham instalações de tratamento mas não as vimos.

Tivemos contato com alguns moradores. Localizados em áreas periféricas com casas em jardins maiores observamos porém o tratamento local conforme mencionamos nos Comentários sobre os “Tigres”. Acreditamos que a solução ali adotada, hoje já estudada e modernizada, poderia ser uma solução muito econômica e bastante fácil de adotar nos assentamentos, sem grandes prédios, nos contornos das cidades. Outra solução de implantação mais expedita poderia ser a de coleta em cisternas e remoção por caminhões tanque. Esse caminho é de rápida implantação ficando a instalação de redes subterrâneas para quando a densidade populacional o exigir.

Esses caminhos não resolveriam o problema da Guanabara, porém o amenizariam bastante e resolveriam de maneira bastante rápida o problema local dos esgotos. Nas áreas razoavelmente planas (Baixada Fluminense) de menor densidade populacional, a solução por “digestão” natural seria também de implantação rápida, econômica e ecológica.

Karlheinz Weichert

(Karlheinz tem 84 anos, é de origem alemã e reside em Niterói. Ele envia semanalmente suas publicações via lista de e-mails.)

14mai2014---lixo-se-acumula-a-margem-da-baia-de-guanabara-no-rio-de-janeiro-1402407717197_956x500

a-despoluicao-da-baia-de-guanabara-foi-uma-das-principais-promessas-da-epoca-da-rio-92-vinte-20-anos-depois-a-situacao-continua-a-mesma-com-as-aguas-poluidas-por-esgoto-e-lixo-nos-anos-1990-u

#CriseHídrica: Você sabe quanto de água consome por dia?

“Economizar água é esbanjar inteligência”. Pense nisso… 

uso-da-agua

Há muitos bons exemplos a serem seguidos e boas ideias sendo compartilhadas em toda parte.

O que falta mesmo é força de vontade de cada um de nós para praticar no dia a dia!!

Cinema como arte: As técnicas da linguagem audiovisual

Os leitores brasileiros têm acesso, afinal, à versão integral do primeiro livro de um dos maiores autores da teoria da imagem e da Gestalt, Rudolf Arnheim

Muito utilizado no campo das artes, o autor iniciou seu trabalho como redator de um jornal alemão de crítica artística, como colunista de cinema e fotografia. E foi dessa prática que reuniu exemplos do que havia de melhor no cinema do período mudo, para compilar uma teoria que explicasse os méritos dos grandes filmes clássicos.

10516739_628682580562524_8250778559693503274_nSua crítica se pauta na descoberta dos elementos de percepção da imagem, em que se diferencia um olhar a imagem do mundo, para a imagem do cinema. São seis tópicos que fornecem a grade teórica a partir da qual ele vai demonstrar os frutos mais ricos que a cinematografia extraiu da imagem em movimento.

Veja mais detalhes dessa obra no blog da editora
http://editoramuiraquita.blogspot.com.br/…/cinema-como-arte…

Dados Técnicos:

Título: Cinema como arte: as técnicas da linguagem audiovisual
(Texto integral inédito)
ISBN: 978-85-7543-124-5
Autor: Rudolf Arnheim
Tradução: Marco Bonetti

Editora Muiraquitã
Formato: 16×23
Páginas: 296

Preço de Capa: R$42,00

Entregas via Correios em todo Brasil
Vendas: editora.muiraquita@gmail.com

A vida é uma oportunidade

A vida é uma oportunidade, agarre-a 
A vida é uma beleza, admire-a 
A vida é uma aventura, saborei-a 
A vida é um sonho, faça dele realidade 
A vida é um desafio, enfrente-o 
A vida é um dever, cumpra-o 
A vida é um jogo, jogue-o 
A vida é preciosa, cuide bem dela 
A vida é uma riqueza, conserve-a 
A vida é amor, goze-o 
A vida é um mistério, penetre-o 
A vida é uma promessa, cumpra-a 
A vida é uma tristeza, supere-a 
A vida é um hino, cante-o 
A vida é um combate, aceite-o 
A vida é uma tragédia, enfrente-a 
A vida é uma aventura, ouse-a 
                        A vida é felicidade, mereça-a                         

A vida é a vida, defenda-a.

Beata Madre Teresa de Calcutá

O valor de um abraço…

IMG_1840

Aproxime-se mais… Tente sentir do que um abraço é capaz. Quando bem apertado, ele ampara tristezas, combate incertezas, sustenta lágrimas, põe a nostalgia de lado. É até capaz de diminuir o medo. Se for cheio de ternura, ele guarda segredos e jura cumplicidade. Um abraço amigo de verdade divide alegrias e fica feliz em comemorar, o que quer que seja… Abraços são pequenas orações de fé, de força e energia. 

Há sempre alguém que quer ser abraçado e não tem coragem de dizer. Abrace-o. O pior que pode acontecer, é ganhar de volta um sorriso de carinho, ou quem sabe, uma palavra sincera. Você vai descobrir que ninguém está sozinho e que a vida, pode ser um eterno céu de primavera. Aproxime-se mais e tente sentir do que um abraço é capaz!

Acredite em sua boa estrela…

CCgwhL-W8AMP_RM

Pessoas otimistas não se deixam intimidar por dias nublados…

Elas sabem que para vencer o tédio é preciso acender as estrelas…

Eduardo Galeano #RIP

image

“A memória guardará o que valer a pena. A memória sabe de mim mais que eu; e ela não perde o que merece ser salvo.”

~~~~~~~~~~~

“Na parede de um botequim de Madri, um cartaz avisa: Proibido cantar. Na parede do aeroporto do Rio de Janeiro, um aviso informa: É proibido brincar com os carrinhos porta-bagagem. Ou seja: Ainda existe gente que canta, ainda existe gente que brinca.”

~~~~~~~~~~~~

 “Os cientistas dizem que somos feitos de átomos, mas um passarinho me contou que somos feitos de histórias.”

Eduardo Galeano

(1940 – 2015)

#JesusEuConfioEmVós

Festa da Divina Misericórdia

1512808_10155427745835075_4543420188222184845_n

Pela sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro…

“Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro.”

—————–

Divina Misericórdia  é uma devoção religiosa católica de origem polonesa, e cuja divulgação se deve a Santa Faustina Kowalska, que é considerada uma das grandes místicas da Igreja Católica. Em seu Diário, a religiosa relatou ter recebido instruções de Jesus, através de aparições, para que desse a conhecer ao Mundo a Sua Misericórdia. O processo de beatificação desta religiosa se iniciou por iniciativa do, então, Cardeal Arcebispo de Cracóvia, Karol Wojtila, e, posteriormente, foi canonizada pelo mesmo bispo, já enquanto Papa João Paulo II.

Mais tarde, a devoção à Divina Misericórdia foi reforçada pelos apelos feitos por Jesus à famosa mística italiana Mamma Carmela Carabelli.

————-

Quadro da Divina Misericórdia encontrado na Basílica de Santa Maria de Trastevere, Roma, IT.

Foto: Labouré Lima

“Shantala – Massagem para Bebês: Vínculo, amor e saúde na palma da sua mão!” #livro

 massagem_bb_mockup_frente_fundo_transparente_sombreado
O livro apresenta o passo-a-passo da técnica da Massagem para Bebês – Shantala, de uma maneira simples e de fácil compreensão, destacando os inúmeros benefícios que podem ser obtidos ao incluirmos a prática da massagem, diariamente, na rotina do bebê, dentre eles estão: a melhora do sono e da digestão, alívio e prevenção das cólicas e melhor desenvolvimento psicomotor, além de fortalecer o vínculo afetivo com aqueles que lhe são familiares.
Dicas preciosas, transmitidas através da metodologia criada pela autora Verônica França, fazem de “Shantala – Massagem para Bebês: Vínculo, amor e saúde na palma da sua mão!” um verdadeiro convite para que mães, pais, avós,  babás, irmãos, educadores,  e todos aqueles que amam cuidar de bebês, possam aprender esta tradicional e maravilhosa arte de transmitir carinho e cura!
Saiba mais no blog da editora  —  editora Muiraquitã 
Para comprar solicite via e-mail: editora.muiraquita@gmail.com

Entradas Mais Antigas Anteriores

The twitteramigos Daily

Paperli.PaperWidget.Show({
pid: 'laboure_lima/twitteramigos',
width: 200,
background: '#FB0000'
})

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 8.081 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: