VALEI-NOS SÃO JOSÉ! A NOSSA FAMÍLIA VOSSA É.

17155323_10158278024715075_2379292390023746171_n
“Sua vida esteve envolta, materialmente, por um grande silêncio. Nenhuma palavra sua foi registrada por nenhum escritor sagrado. Sobraram-nos dele apenas alguns sentimentos, a nobreza de seu caráter e a fidelidade de uma vida que se engrandeceu à sombra de Maria e do Espírito Santo e à luz de seu filho Jesus. Nunca cobrou nada nem nunca fez exigências. O destino de sua vida parece ter sido apenas o de proteger e acompanhar aqueles que seriam os protagonistas dos planos de salvação de Deus: Maria e Jesus. Quanto a ele, apenas o silêncio e os bastidores do palco.

Mas nem por isto foi menos importante sua pessoa. Grande São José! Recebe a homenagem do nosso singelo e admirado louvor! Dá-nos a graça de, como tu, amarmos o silêncio quando ele fizer parte de um desígnio maior e de preferirmos os bastidores quando o palco tiver que ser ocupado por pessoas especialmente designadas por Deus. Não queremos outra grandeza que a de sermos servos de Jesus e arautos felizes de seu Evangelho. Nem hesitaremos em fugir para o Egito se for para salvar destinados por Deus como Maria e Jesus.

Nós te louvamos e bendizemos e, contigo e por tua intercessão, queremos viver e consagrar-nos a uma sagrada família, que é a nossa, que nos é graça e presente de Deus. Que nela possamos todos ter os teus sentimentos e os de Jesus e Maria, querido e admirável santo do mundo inteiro, padroeiro dos operários, espelho da paciência, pai de Jesus e esposo da Virgem Maria. Amém.”

Por Frei Neylor José Tonin. OFM.

(Convento Santo Antônio. Largo da Carioca. Rio de Janeiro)

Antiga Bênção Celta

 

 

“Que o caminho venha ao teu encontro.
Que o vento sempre sopre às tuas costas e a chuva caia suave sobre teus campos.
E até que voltemos a nos encontrar, que Deus te sustente suavemente na palma de sua mão.
Que vivas todo o tempo que quiseres e que sempre possas viver plenamente.
Lembra sempre de esquecer as coisas que te entristeceram, porém nunca esqueças de lembrar aquelas que te alegraram.
Lembra sempre de esquecer os amigos que se revelaram falsos, porém nunca esqueças de lembrar aqueles que permaneceram fiéis
Lembra sempre de esquecer os problemas que já passaram, porém nunca esqueças de lembrar as bênçãos de cada dia.
Que o dia mais triste de teu futuro não seja pior que o dia mais feliz de teu passado.
Que o teto nunca caia sobre ti e que os amigos reunidos debaixo dele nunca partam.
Que sempre tenhas palavras cálidas em um anoitecer frio, uma lua cheia em uma noite escura, e que o caminho sempre se abra à tua porta.
Que vivas cem anos, com um ano extra para arrepender-te.
Que o Senhor te guarde em sua mão, e não aperte muito seus dedos.
Que teus vizinhos te respeitem, os problemas te abandonem, os anjos te protejam, e o céu te acolha.
E que a sorte das colinas Celtas te abrace.
Que as bênçãos de São Patrício te contemplem.
Que teus bolsos estejam pesados e teu coração leve.
Que a boa sorte te persiga, e a cada dia e cada noite tenhas muros contra o vento, um teto para a chuva, bebidas junto ao fogo, risadas que consolem aqueles a quem amas, e que teu coração se preencha com tudo o que desejas.
Que Deus esteja contigo e te abençoe, que vejas os filhos de teus filhos, que o infortúnio te seja breve e te deixe rico de bênçãos.
Que não conheças nada além da felicidade, deste dia em diante.
Que Deus te conceda muitos anos de vida; com certeza Ele sabe que a terra não tem anjos suficientes…e assim seja a cada ano, para sempre!”

 

“VAMOS CUIDAR E GUARDAR A CRIAÇÃO”

cartaz_cf_2017_26012017114205

A impressão que tenho, aqui no Rio de Janeiro, é que o tema da Campanha da Fraternidade deste ano não pegou quanto o assunto estaria a merecer. FRATERNIDADE E BIOMAS BRASILEIROS, este é o tema. E o lema: VAMOS CUIDAR E GUARDAR A CRIAÇÃO.
A palavra BIOMA é um composto de duas palavras gregas: BIOS que quer dizer VIDA (biografia/bioética, etc.) e OMA que é um sufixo que designa grupo ou estrutura de vida. Assim BIOMA quer designar um agrupamento de tipos de vegetação contíguos e identificáveis em escala regional.


O Brasil teria 6 biomas:
AMAZÔNIA
CERRADO
PANTANAL
CAATINGA
MATA ATLÂNTICA
PAMPAS


Não sei se as igrejas estão destacando a dimensão moral e religiosa de cuidar da criação e do ser humano dentro dos biomas. Na verdade, não é só cuidar de plantas e animais, é, principalmente, cuidar dos pobres e necessitados. Isto seria uma forma louvável de termos uma boa Quaresma.

 

Por Frei Neylor José Tonin. OFM. – Convento Santo Antônio (RJ)

 

O êxodo do fim do mundo… Enquanto houver guerra veremos o número dos refugiados crescer!!

Guri-el Displaced camps

Para saber como ajudar visite o site Médico Sem Fronteiras     Foto: Peter Casaer  

Causa perplexidade pensar na falta de humanidade dos governantes dos países ricos destinando fortunas incalculáveis para comprar armamentos com poder de destruição em massa, na indústria bélica. Quando vão considerar que as guerras só fazem crescer a coluna dos miseráveis? É assombroso o número de refugiados, nesse momento, em êxodo pelo mundo afora. São seres humanos como qualquer um de nós. Famílias inteiras que deixaram suas histórias para trás. E por uma circunstância independente da vontade dessas pessoas, elas foram levadas a abandonar suas origens, em busca de um lugar onde possam recomeçar suas vidas, com um mínimo de dignidade.

Ironicamente os países mais ricos do mundo também investem grandes somas em publicidade, com objetivo de divulgar suas campanhas pela paz. Se isso não é forjar um sentimento de humanidade para causar comoção em uma das situações mais controversas e hipócritas, então preciso rever meus conceitos.

 

por Labouré Lima

 

 

 

 

Três pensamentos de Dom Hélder Câmara…

“A única guerra legítima é aquela que se faz contra o subdesenvolvimento e a miséria”.

 

“Crer no homem não é nem um erro nem um pecado. Deus também crê no homem”.

 

“Nós devemos ter a caridade de ajudar os ricos a se livrarem do egoísmo, do excesso de conforto e da aceitação do que é efêmero”.

 

 

 

Gratidão aos Homens que reconhecem os valores da alma feminina…

205310_10150876651158803_432984565_n

Mulher… Mulher… Mulher..

“Na verdade, a mulher será sempre, para o homem, um reino encantado e uma terra proibida. Um mistério que o fascina e um horizonte iluminado e de sombras que o intriga e, ao mesmo tempo, o seduz e amedronta. Porque a mulher é o grande grito que nós, homens, carregamos na concha acústica de nossa carne. Escutá-lo é imperioso e entendê-lo é, para nós, uma fonte de felicidade e de paz. Para o homem, no entanto, é-lhe negado domesticar este grito sem respeito e aproderar-se dele sem grandeza. Pelo contrário, este grito só será entendido quando soar livremente e for acolhido com ternura e encantamento.

Sem pretender alongar-me, confesso que a mulher é uma graça, a maior das graças que nos é dada experimentar pelo Criador de todas as graças. Ela, a mulher, é a nossa anima, sem a qual ressecamos como homens, tornando-nos infecundos como destinos. Sem sua força e graça, poderá a humanidade ter força, mas sem nenhuma graça. As mulheres, com sua existência e graça, amor e beleza, sonho, grandeza e coração, nos fazem mais homens.

ELAS SÃO A CASA PARA A QUAL QUEREMOS SEMPRE VOLTAR E O ENDEREÇO DA FELICIDADE QUE NÃO QUEREMOS NUNCA PERDER.”

(Frei Neylor J. Tonin)

08.03.2017

IMPEDIR A PM DE CUMPRIR SUA MISSÃO AFASTA O APOIO À CAUSA. OS FAMILIARES PRECISAM TER CONSCIÊNCIA DISSO!

Sobre o movimento dos FAMILIARES dos PMs

Sim, eles têm o direito de reivindicar. É evidente que suas dificuldades e necessidades contribuíram para a situação chegar a exaustão, depois de tanta espera por providências das autoridades. Contudo esses familiares deviam ser alertados que expor a população ao risco de perder o direito de ir e vir usando o método de impedir o exercício dos serviços essenciais é um EQUÍVOCO ABSURDO. Imagine se essas mesmas famílias que impedem a PM de exercer suas funções tiverem emergências médicas e os familiares dos PROFISSIONAIS DA SAÚDE também os impedirem de trabalhar?!! Será compreensível para essas pessoas ver casos de morte dos seus entes queridos por falta de atendimento?! Imagine se os familiares dos GARIS os impedirem de coletar o lixo criando condições para ratos e mosquitos transmissores da Dengue e Chikungunya proliferar e ameaçar a Saúde Pública?!! Quem poderá aceitar isso e compreender?! E se os familiares da corporação dos BOMBEIROS também os impedir de sair dos quartéis para apagar incêndios?! E se os familiares dos MOTORISTAS DE AMBULÂNCIA os impedirem de sair com os SOCORRISTAS para atender os acidentes nas vias públicas?! Imagine se os motoristas do IML forem impedidos por seus familiares de sair para recolher os corpos?! Vamos ter de conviver com os cadáveres expostos à espera de remoção?! Imagine se os COVEIROS forem impedidos, por seus familiares, de enterrar os defuntos?! Causa angústia só em pensar, imagine ver um congestionamento de urnas funerárias a espera do sepultamento?!

Esses são apenas alguns exemplos para uma breve reflexão sobre as manifestações das famílias dos militares e os precedentes abertos para outras categorias que também têm motivos para fazerem o mesmo.  Isso sem enfatizar as greves recorrentes no setor da EDUCAÇÃO. Todas oriundas da falta de atenção dos governantes com os professores da rede pública de ensino, que estão sofrendo privações. 

Não podemos fechar os olhos e ser insensíveis as dificuldades impostas pelo poder público às famílias dos PMs. Sejamos conscientes de que a população depende desses serviços. Esses profissionais merecem apoio da sociedade, pois são indispensáveis ao bom funcionamento da rotina de uma cidade. Então, por que não considerar a possibilidade da população ser convocada a lutar, uma luta justa e limpa, ao lado deles e por eles?! Que ocupem espaços públicos e convoquem a população para debater e apresentar soluções aos governantes, afim de que esses setores recebam a justa remuneração e pagamentos dos seus salários em dia. A população paga impostos pelo serviço de segurança pública, não merece ser punida pela responsabilidade que cabe às autoridades.

PARA TRAZER O APOIO DA POPULAÇÃO E DAR FORÇA AO MOVIMENTO OS FAMILIARES PRECISAM AVALIAR QUE A PM NÃO PODE SER IMPEDIDA DE CUMPRIR A SUA MISSÃO.

Nada pode ser tão contundente para o fechamento dessa reflexão como as palavras de John F. Kennedy:

“Não pergunte o que seu país pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer por seu país.”

Juntos somos mais fortes. A causa é justa. 

A Oração de Fevereiro

image

Nossa Senhora dos Navegantes

 

Mês de Nossa Senhora da Candelária ou dos Navegantes, de S. Brás, do apóstolo S. Matias e de Nossa Senhora de Lourdes, do carnaval e início da quaresma.

Grande e bom Deus, nós te louvamos por fevereiro que é o mais curto dos meses, embora abrigue, quase sempre, a alegria do carnaval e o começo da quaresma. Mesmo sendo menor que os outros, não lhe falta, no entanto, espaço para a irregularidade dos anos bissextos.

Não nos preocupa, Senhor, não sermos tão grandes quanto os outros, se pudermos acolher seus excessos para relevá-los e se nos for dado celebrar com nossos semelhantes suas alegrias e carnavais, seus momentos de cinzas e penitência.

Inspirados em fevereiro, te oferecemos a complexidade que é a vida, que tem carnaval e quarta-feira-de-cinzas, férias e tantos percalços. Ah, como gostaríamos de ter espírito-de-fevereiro! Não reclamaríamos, então, da seriedade que a vida exige nem nos excederíamos nos carnavais que ela nos oferece. Mas a tudo isto colocaríamos diante de ti, em forma de oração, como hóstia de suave perfume, na alegria e na aceitação.
Em louvor de Cristo. Amém.

 

Por Frei Neylor José Tonin, OFM.

(Convento Santo Antônio. Largo da Carioca. Rio de Janeiro)

Histórias de Família entre a #Itália e o #Brasil

15965300_10158018163695075_4781587342031070443_n

Entre a Itália e o Brasil situam-se as histórias de família que esse livro conta, em linguagem coloquial e emocionante. São depoimentos colhidos entre imigrantes italianos que partiram de sua terra após a 2ª Guerra Mundial e vieram fazer a América, em fins da década de 1940.

Histórias de Família entre a Itália e o Brasil
Organizadora: Prof. Angela de Castro Gomes (FGV e UFF)

312 páginas / ilustrações / fotografias / PB

Preço de capa: R$ 22,50

Para saber como comprar o livro acesse

Livraria Virtual Editora Muiraquitã

Vem aí o Volume VI da Antologia ‘O Perfume da Palavra’ – Aproveite para enviar seus textos…

15665450_1799791500270979_8575697814786388405_n

Encontra-se aberto o período das inscrições para seleção de textos e poemas a serem publicados na antologia ‘O Perfume da Palavra’ Volume VI. Atenção para não perder a data do fechamento.

Como o livro tem um limite de páginas, daremos prioridade a ordem de entrada do material. Aproveite a oportunidade! Chegou a hora de tirar os seus escritos da ‘gaveta’. A Editora Muiraquitã está selecionando textos para publicar na próxima antologia.

Saiba como fazer a inscrição e enviar seus poemas ou textos acessando o site da editora por este link  Antologia O Perfume da Palavra

Entradas Mais Antigas Anteriores

The twitteramigos Daily

Paperli.PaperWidget.Show({
pid: 'laboure_lima/twitteramigos',
width: 200,
background: '#FB0000'
})

%d blogueiros gostam disto: