Bons exemplos merecem visibilidade. Ajude a ajudar! Veja que iniciativa legal.

Imagine um lugar onde você pode doar suas roupas e quem precisa pode escolher o que quer. Existe. Veja que iniciativa legal.

Desde que vi na página do FaceBook de uma amiga brasileira que mora a muitos anos em Ibiza-ES, me encantei e entendi que se havia alguma coisa que eu poderia fazer no primeiro momento, seria compartilhar aqui no blog. Eu acredito nesse tipo de iniciativa e entendo que merece expansão, continuidade e todo apoio possível. Só que os organizadores realmente, em se falando de Brasil, precisam de muita atenção e cautela para fazer da forma correta e evitar que espertos desviem a ideia do objetivo principal. O foco é ajudar a quem mais precisa. E felizmente a quantidade de pessoas bem intencionadas é maior e mais persistente.
Apenas para uma leitura atualizada sobre o comportamento das pessoas em relação ao sentimento de solidariedade, resolvi trazer alguns comentários positivos garimpados nas redes sociais:
“Genial e humanitário, e principalmente civilizado.”

“Meu Deus, eu adoro esse tipo de vídeo. Adoro saber de iniciativas como essa. Meu coração fica mais leve Emoticon heart Outro dia passou aqui sobre o reaproveitamento de comida dos restaurantes do RJ para moradores de rua. Eu acho isso tão demais. Num mundo tão individual, é maravilhoso saber que há tanta gente altruísta por aí.”

“…já vi com livros. Nos pontos dos ônibus colocaram pequenas caixas para ser doados e quem necessitar pode levar. Amei esta ideia também. Imagine no inverno.”

“Iniciativas como está deveriam ser replicadas em todos os lugares!”
“É legal fazer alguém feliz com tão pouco.”
“Eu vi um video daqui do Brasil mesmo que fazia algo parecido só que no inverno. Foi lindo! E ainda podemos praticar. É só começar que vai dar certo!”
“Amai ao próximo como a ti mesmo.”

Contudo, temos consciência de que no Brasil os pessimistas de plantão estão por todo lado. Talvez não por culpa deles, mas dos oportunistas que não são poucos.

Enfim, um projeto de ação solidária não pode ser vencido ou desestimulado por pessoas com tendência a rebater negativamente qualquer ideia que seja boa. Lamentávelmente isso existe.

E resolvi trazer também alguns exemplos de comentários desesperançosos, garimpados nas redes sociais:

“Sabe o que aconteceria se alguém promovesse algo assim no Brasil? Apareceriam os espertinhos e levariam tudo, até o que não precisariam. Infelizmente, até pra fazer uma caridade aqui é difícil.”

“Onde é esta igreja? Já estou tão descrente de todos, igrejas, centros espíritas e ongs, todos escolhem o que tem de melhor para o bazar, e os farrapos vendem a 1,00 real e a 2,00 reais. Quando doam é imprestável. Mas se esta igreja é verdadeira, Deus a abençoe.”

“Na Alemanha o povo tem a consciência de apanhar somente o que precisa. Eles viveram a guerra. Aqui, não sei não . O primeiro que chegar vai levar tudo.” 
“Seria magnífico! Mas aqui pegariam para vender e comprar drogas ou vender nos brechós. Aqui no bairro já teve essa iniciativa e os menores da comunidade estavam vendendo nos brechós para comprar drogas.”
“Será que ainda existe esperança para o ser humano?”
A triste realidade é ver nas entrelinhas a presunção de que não daria certo no Brasil porque o comportamento do povo não condiz com o tipo de iniciativa.
No Brasil, essa ação solidária já está acontecendo em várias capitais, como Recife e outras…

O vídeo abaixo  é de uma ação no Largo do Batata, São Paulo. Em 2014.

Tenha o tempo a seu favor…

CFqVakBWIAAGGy-

“Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.
Industrializou a esperança
fazendo-a funcionar no limite da exaustão.
.
Doze meses dão para qualquer ser humano
se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez
com outro número e outra vontade de acreditar
que daqui pra adiante vai ser diferente…
.
… para você,
desejo o sonho realizado.
O amor esperado.
A esperança renovada.
.
Para você,
desejo todas as cores desta vida.
Todas as alegrias que puder sorrir.
Todas as músicas que puder emocionar.
.
Para você neste novo ano,
desejo que os amigos sejam mais cúmplices,
que sua família esteja mais unida,
que sua vida seja mais bem vivida.
.
Gostaria de lhe
desejar tantas coisas
mas nada seria suficiente…
Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.
Desejos grandes e que eles possam te mover a cada
minuto, rumo a sua felicidade!!!”

Carlos Drummond de Andrade

Somos todos uma e a mesma coisa. #dicadelivros

Nascemos. Não pedimos para vir nem sabemos quem ordenou e fez a iniciação da viagem. Por um milagre que nada nem ninguém explica, chegamos. Somos fruto do ato do amor. Um bom presságio. De onde viemos será eterno mistério, o enigma que desafiou e desafia as mais notáveis inteligências na história do homem, no desencontro sem encontro de múltiplas explicações. E chegamos inconscientes, vista pardacenta, sem distinguir com precisão imagens.

Não participamos desse jogo que iniciou a viagem sem nossa colaboração, embora sejamos a meta principal e mais importante do jogo nas trocas do amor.

Com a chegada dos primeiros vestígios da consciência começamos a sair das trevas para a luz, os primeiros sinais. Começamos a enxergar figuras gigantes que rodeiam nosso berço, estão sempre presentes, nos trazem proteção, alimento e conforto; nossos pais.

Estão marcadas as personagens a que se deu o nome de família, o centro de tudo e de todas as aspirações. A ordem natural que dá forma ao mundo. O nascido irá enfrentar o fenômeno envolvente e concentrador de todas as mudanças de sua existência chamado vida.

Fonte: Livro ENSAIOS DA ALMA

Página 56 – Celso Felício Panza

28065-CAPA_FOLD1_FRONT

Serviço:

Livro: Ensaios da Alma*

Autor: Celso Felício Panza

Editora Muiraquitã

ISBN: 978-85-7543-150-4

14x21cm   188 páginas

Gênero: Ensaio

Preço de capa R$30,00

*Se não encontrar em uma livraria próxima de você, compre o livro direto na editora. Entregamos em todo Brasil, via Correios. Vendas: editora.muiraquita@gmail.com

“Eu queria ter na vida / Simplesmente / Um lugar de mato verde / Pra plantar e pra colher / Ter uma casinha branca.. “

casinha branca

Eu tenho andado tão Sozinho / Ultimamente / Que nem vejo à minha frente / Nada que me dê prazer / Sinto cada vez mais longe  / A felicidade / Vendo em minha mocidade / Tanto sonho perecer / Eu queria ter na vida / Simplesmente / Um lugar de mato verde / Pra plantar e pra colher / Ter uma casinha branca / De varanda / Um quintal e uma janela / Para ver o sol nascer / Às vezes saio a caminhar / Pela cidade / À procura de amizades / Vou seguindo a multidão / Mas eu me retraio olhando / Em cada rosto / Cada um tem seu mistério / Seu sofrer, / sua ilusão / Eu queria ter na vida simplesmente / Um lugar de mato verde / Pra plantar e pra colher / Ter uma casinha branca de varanda / Um quintal e uma janela / Para ver o sol nascer…

É incompreensível que o menor possa portar TÍTULO DE ELEITOR e CARTEIRA NACIONAL DE HABILITAÇÃO e não seja apto a responder por seus crimes.

Sobre a questão da SEGURANÇA PÚBLICA a nossa indignação persistirá, pois sabemos que a morte do Dr. Jaime Gold não foi o primeiro caso e nem será o último nas vias públicas, seja na cidade do Rio de Janeiro, Niterói ou outra qualquer. A violência nos grandes centros urbanos do país, para a nossa apreensão, é um trem sem freios. Sabe-se lá onde, como e quando vai parar. Entra governo e sai governo e a política não encontra um caminho para reduzir essa onda de crimes que ameaça a todo cidadão em trânsito nas vias públicas. Essa é a parte mais angustiante no cotidiano do contribuinte que paga seus impostos e não vê uma resposta eficiente para resguardar o seu direito de ir e vir. Contudo, do meu ponto de vista, creio que não podemos culpar o atual governador por essa situação que vem crescendo desde muito tempo. Entretanto, isso não o exime de se empenhar junto ao Secretário de Segurança Pública do Estado para buscar uma solução definitiva. Não queremos mais soluções paliativas, como sempre acontece após um crime de repercussão na mídia. No dia seguinte ao fato trágico surge um aparato nas ruas da cidade, como se isso fosse contemplar os transeuntes. O que a sociedade quer e precisa é mais que isso. Se o menor tem direito ao TÍTULO DE ELEITOR e pode portar uma CARTEIRA NACIONAL DE HABILITAÇÃO, creio que esteja apto a cumprir com as formalidades do CÓDIGO CIVIL, portanto deve responder na forma da LEI sim, quando comete um crime. No meu modesto entendimento o que existe é um sistema paternalista, no bojo do Código Civil, que protege os menores infratores. Enquanto isso, o crime organizado debocha da sociedade brasileira. E as vítimas, uma após a outra, na Zona Sul ou na Zona Norte, na favela ou no asfalto, vão encorpando o extenso número das estatísticas apresentadas pelo noticiário policial, rotineiramente. A vida envolve sentimento e o crime não pode ser banalizado.

A arte de viver bem

“Não exija dos outros o que eles não podem lhe dar, mas cobre de cada um a sua responsabilidade. Não deixe de usufruir o prazer, mas que não faça mal a ninguém. Não pegue mais do que você precisa, mas lute pelos seus direitos.

Não olhe as pessoas só com os seus olhos, mas olhe-se também com os olhos delas. Não fique ensinando sempre, você pode aprender muito mais. Não desanime perante o fracasso, supere-se o transformando em aprendizado.

Não se aproveite de quem se esforça tanto, ele pode estar fazendo o que você deixou de fazer. Não estrague um programa diferente com seu mau humor, descubra a alegria da novidade. Não deixe a vida se esvair pela torneira, pode faltar aos outros…

O amor pode absorver muitos sofrimentos, menos a falta de respeito a si mesmo! Se você quer o melhor das pessoas, dê o máximo de si, já que a vida lhe deu tanto. Enfim, agradeça sempre, pois a gratidão abre as portas do coração.”

Içami Tiba

Aprendendo a prudência do esquilo… confia mas vai devagar!!

A Natureza é sábia.

Os esquilos são dóceis e adoráveis, mas sabem ser espertos.

Realmente, não dá pra sair por aí abaixando a guarda e confiando em todo mundo.

Diário de viagem — #Copenhagem — Museu de Artes da Dinamarca — Gliptoteca Ny Carlsberg

16027869178_289320d561_o

A Gliptoteca Ny Carlsberg (Ny Carlsberg Glyptotek) é um museu de arte localizado na cidade de Copenhagem, Dinamarca.

O museu fundado a partir da coleção de Carl Jacobsen, filho de Jacob Christian Jacobsen, fundador da cerveja Carlsberg, reúne uma das maiores coleções privadas de arte de seu tempo, e atualmente possui a maior coleção de arte antiga do norte da Europa.  Estima-se que a frequência de visitantes alcance 350 mil por ano.

A coleção do museu inclui antiguidades egípcias, gregas e romanas assim como esculturas românticas e pinturas impressionistase pós-impressionistas.

39621379

Envolvido pela beleza do cenário do Jardim de Inverno o Café Glyptotek serve bolos e pratos leves. Todos os alimentos são cuidadosamente preparados e feitos a partir de ingredientes orgânicos e sustentáveis.

ajude a si mesmo

AJUDE A SI MESMO E O SENHOR SEU DEUS  LHE AJUDARÁ.

No alto da porta de entrada da boutique do Museu a frase nos convida a refletir.

16015186789_356ae4ea33_o

No ícone russo Drawn Mãe de Deus (Signo) de 1700
vê-se a Virgem Maria e por uma inspiração Divina do artista o Menino Jesus em Seu Ventre.
Maria no Museu NY Carlsberg Copenhague

Quadro Mãe de Deus (Signo) , 1700 (Rússia). O trabalho pode ser visto no Hall 25 (Mediterrâneo horizonte) O ícone é uma ilustração de uma passagem do Velho Testamento, que diz: Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: eis que uma virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel . (Is. 07:14). É o Novo Testamento interpretado como uma profecia da vinda do Messias, como aconteceu quando Jesus nasceu. O ícone mostra Maria com o Menino Jesus em Seu Ventre.

16013932630_e0d97c2821_o

As primeiras mudas das palmeiras Phoenix que compõe o jardim de inverno do Ny Carlsberg Gliptotek chegaram em 1906, ainda plantadas em vasos. Com o tempo as palmeiras ficaram  imensas e alcançam o teto de vidro.

Em 2009, mais de um século depois das palmeiras chegarem ao jardim foi necessário uma grande operação de poda para retirar os ramos mortos e evitar acidentes. A intervenção aconteceu próximo da Páscoa, e os ramos foram destinados as celebrações do Domingo de Ramos nas igrejas de Copenhagem.

16201273405_2e28edbc71_o

Em uma das áreas mais movimentadas de Copenhagem, no HC Andersens Boulevard, encontramos nesse jardim um espaço de tranquilidade e beleza. No meio do jardim também há esculturas cercadas de águas. E no plano de fundo da escultura fotografei um grande amigo da nossa família que é dinamarquês, foi ele quem nos sugeriu esse passeio inesquecível. Deixo aqui a minha homenagem carinhosa para ele e todos da Dinamarca.

a16015463877_6329ed2cf7_o

Eu e minha filha, com o nosso amigo Bertio e o neto dele Benjamin.

Fotos, copyrigth by Labouré Lima e Raquel Ribeiro.

——————————————

Para saber mais sobre a Gliptoteca Ny Carlsberg visite o blog do Museu.
https://glyptoteket.wordpress.com/glyptoteket/

——————————————-

NOTA DO BLOG:

“AJUDE A SI MESMO E O SENHOR SEU DEUS LHE AJUDARÁ.” — Essa frase realmente nos convida a refletir. E assim,  esse post abre uma seção no blog sempreviva que inicialmente não é nada mais que um despretensioso Diário com Anotações de Viagens. Onde, pretendo contar um pouco de tudo que já vi e vivi pelo mundo. Inclusive, vou marcar outras postagens já existentes no blog com objetivo de agrupá-las dentro desse tema.

“Coragem é o medo que rezou suas orações.”

  

Sem experimentar o sabor da coragem a graça não acontece.

“A coragem, é o ânimo de ir em frente e resistência para suportar o peso do trabalho. Agora é curioso como isso que se passa na vida está na oração também. Ou seja, uma oração sem coragem é uma oração insípida, que não serve e não tem graça.”

Papa Francisco
  

“A beleza do aprendizado é que ninguém pode roubá-lo de você.”  — Hoje os anjos estão ouvindo e cantando o #Blues #RIPBBKing

B. B. King: O adeus do “Blues Boy” e o silêncio de “Lucille”

Biografia: Riley Ben King, mais conhecido como B. B. King, é um guitarrista de Blues e cantor estado-unidense. O B. B. em seu nome significa Blues Boy, seu pseudônimo como moderador na rádio WDIA. Foi considerado o sexto melhor guitarrista do mundo pela revista norte-americana Rolling Stone.

16 de setembro de 1925 (89 anos), Berclair, Mississippi, EUA

14 de maio de 2015, Las Vegas, Nevada, EUA

Entradas Mais Antigas Anteriores

The twitteramigos Daily

Paperli.PaperWidget.Show({
pid: 'laboure_lima/twitteramigos',
width: 200,
background: '#FB0000'
})

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 8.209 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: