“…o que importa nesta vida, mais do que ganhar sozinho é ajudar os outros a vencer.”

thumb

 

Espírito Evoluído

Há alguns anos, nas Olimpíadas especiais de Seattle, nove participantes, todos com deficiência mental, alinharam-se para largada da corrida dos 100 metros rasos.

Ao sinal, todos partiram, não exatamente em disparada, mas com vontade de dar o melhor de si, terminar a corrida e ganhar. Um dos garotos tropeçou no asfalto, caiu e começou a chorar. Os outros oito ouviram o choro. Diminuíram o passo e olharam para trás. Então viraram e voltaram. Todos eles.

Uma das meninas com Síndrome de Down ajoelhou, deu um beijo no garoto e disse: – Pronto agora vai sarar! E todos os nove competidores deram os braços e andaram juntos até a linha de chegada.

O estádio inteiro levantou e os aplausos duraram muitos minutos…

Talvez os atletas fossem deficientes mentais… Mas com certeza, não eram deficientes espirituais…

“Isso porque lá no fundo, todos nós sabemos que o que importa nesta vida, mais do que ganhar sozinho é ajudar os outros a vencer. Mesmo que isso signifique diminuir os nossos passos…”

“Procure ser uma pessoa de valor, em vez de procurar ser uma pessoa de sucesso. O sucesso é consequência”

Quero pedir apenas que compartilhem o máximo que puder, para conscientização da palavra na tentativa de um mundo melhor🙏

#ForçaChape “Mantenha sua cabeça erguida… Você nunca caminhará sozinho”

You’ll Never Walk Alone

Liverpool F.C

 

Quando você caminhar por uma tempestade
Mantenha sua cabeça erguida
E não tenha medo da escuridão
No fim da tempestade
Há um céu dourado
E a doce canção prateada de uma cotovia

Caminhe
Pela chuva
Caminhe
Pela chuva
E seus sonhos serão lançados e soprados

Caminhe
Caminhe
Com esperança
No seu coração
E você nunca caminhará sozinho
Você nunca caminhará sozinho

Caminhe
Caminhe
Com esperança
No seu coração
E você nunca caminhará sozinho
Você nunca caminhará sozinho

Nosso Adeus a equipe Chapecoense – ‘Campeões In Memoriam’

 

chapecoense-aviao

O dia 29 de novembro de 2016 entra para a história, como uma página de LUTO no futebol Mundial. Nessa data cinzenta, as cores das torcidas do mundo inteiro desbotaram e perderam o brilho; o grito ruidoso dos estádios emudeceu e cumpriu o minuto de silêncio, pela equipe ceifada em acidente aéreo na Colômbia.

 

Lutar por vitórias ou entristecer por derrotas não pertence mais ao mundo desses heróis, que entravam em campo para fazer a torcida Chapecoense vibrar. Restou a saudade no coração de cada um e de todos.

Quando surgiram as primeiras imagens da pequena cidade do sul do Brasil, via-se uma torcida incrédula e abalada com a perda dos seus ídolos. Chapecó era representada pelo sucesso dessa equipe de jogadores que arrebatava os corações da sua torcida com o carisma do futebol que jogava. Pela campanha heróica e emocionante que realizou em 2016, eles merecem o título de ‘Campeões In Memoriam’.

Rogamos pelos sobreviventes e familiares para que o amor de Deus em sua infinita bondade, os fortaleça no conforto espiritual tão necessário.

Dedicamos esse dia em oração pelas almas que partiram para a ‘Casa do Pai’, ao encontro da paz infinita no Céu.

Adeus Campeões!

por Labouré Lima

———————–

C horamos

H oje

A manhã

P ermaneceremos

E m

C onstantes

O rações

E les

N unca

S erão

E squecidos

(Poema de autoria desconhecida, reproduzido nas redes sociais.)

chapecoense-1024x673

Obrigada Capita! Paz a sua alma🙏

Carlos Alberto Torres, o ‘Maior Lateral Direito’ de todos os tempos na história do futebol brasileiro, partiu para a sua morada eterna. O ‘nosso Capita’ está junto de Deus. Que a sua alma encontre o repouso na Glória Eterna. Obrigado pelo futebol inesquecível e pela conquista da Taça Jules Rimet na Copa do Mundo de 1970. Valeu Campeão🙏

image

“Me deu uma vontade de beijar a Taça, sem pensar eu fui lá e fiz. Antes ninguém beijava a Taça. Então eu fui o primeiro a beijar antes de erguer e passar para os companheiros. Hoje todo mundo faz.” (Carlos Alberto Torres)

 

Para Rayan Lochte ele não mentiu, apenas omitiu. Um Campeão Olímpico precisa saber honrar as suas Medalhas.

No primeiro momento em que ouvi a minha filha dizer: “Que vergonha! Um atleta da natação americana, ganhador da Medalha de Ouro, foi vítima de assalto a mão armada no Rio!!” É óbvio que recebi a notícia com indignação! E a indignação foi ainda maior quando soube que era mentira do atleta. Ele mentiu para escapar de uma possível punição por parte da delegação americana. E como se não fosse suficiente, divulgou na imprensa internacional uma notícia que ele inventou.

Foi uma atitude covarde o que ele fez. Não era apenas uma mentira boba de um jovem inconsequente. Ele e mais três atletas bêbados, vandalizaram um estabelecimento  comercial na cidade sede dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Impossível atribuir imaturidade a alguém que parece ter planejado tudo o que fez. Talvez ele tenha acreditado que não haveriam maiores consequências. Que a sua mentira seria aceita e ficaria tudo bem. Pensou que poderia culpar a violência do Rio de Janeiro por ficar na boêmia e chegar fora do horário na Vila Olímpica. A cidade é conhecida por não ser um exemplo de segurança pública para os seus moradores. O atleta calculou que estava acima do bem e do mal. Errou feio com uma cidade que o acolheu tão bem. Esqueceu que a mentira têm pernas curtas e foi desmascarado para o mundo todo.

Medalhas Olímpicas não são  simples prêmios, são honras ao vencedor. É o reconhecimento pela excelência do esforço do atleta e sua equipe técnica. O Ouro Olímpico representa um país e eleva a bandeira do seu povo ao ponto mais alto do pódium nos Jogos Olímpicos. Rayn Lochte não tem só uma Medalha de Ouro, são mais de dez!  Considero que o comportamento desse atleta não representa os Estados Unidos da América. Ele não honrou as homenagens que recebeu do Comitê Olímpico Internacional.

A questão da segurança nos ‪#‎JogosOlimpicos‬ teve tanta prioridade que envolveu inclusive o deslocamento das Forças Armadas do Brasil. O atleta ‪#‎USA ‬‪#‎Lochte‬ brincou com um assunto muito sério para o povo carioca. Nós sabemos o que são os problemas internos de Segurança Pública que vivenciamos em nosso dia a dia. Ele não tinha o direito de fazer o que fez, denegriu a imagem do Brasil, do Rio de Janeiro e da organização ‪#‎Rio2016 ‬na imprensa internacional. O mínimo a fazer é assumir que mentiu e pedir desculpas!! Mas de coração, com verdade e alma. Não dessa forma ‘falsiane’ que ele fez.

~~~~~~~~~~

O PEDIDO DE DESCULPA DO ATLETA

CqO9qK5WcAA9-3U

“Quero me desculpar pelo meu comportamento no fim de semana passado – por não ter sido cuidadoso e sincero em como descrevi os eventos daquela manhã e pelo meu papel em tirar o foco dos muitos atletas conquistando seus sonhos e participando da Olimpíada. Eu esperei para compartilhar esses pensamentos até que fosse confirmado que a situação legal fosse encaminhada e ficasse claro que meus colegas de equipe estivessem chegado em casa seguros.

É traumático estar tarde da noite com seus amigos em um país estrangeiro – com uma barreira de idioma – e ter um estranho apontando uma arma para você e pedindo dinheiro para te deixar ir embora, mas independentemente do comportamento de qualquer um naquela noite, eu deveria ter sido muito mais responsável em como eu lidei e por isso sinto muito por meus colegas de equipe, meus fãs, meus companheiros competidores, meus patrocinadores e os anfitriões desse grande evento. Estou muito orgulhoso de representar meu país em uma competição olímpica e esta foi uma situação que poderia e deveria ser evitada. Aceito a responsabilidade por meu papel neste incidente e aprendi algumas lições valiosas.

Sou grato aos meus companheiros do time de natação dos EUA e ao comitê olímpico americano, e agradeço todos os esforços do COI, do Comitê Rio-2016 e as pessoas do Brasil que nos receberam no Rio e trabalharam tão duro para garantirem que esses Jogos Olímpicos promovessem ótimas lembranças para a vida inteira. Muito já foi dito e muitos recursos valiosos foram dedicados ao que aconteceu no último fim de semana, então espero que aproveitemos nosso tempo celebrando as boas histórias e o desempenho desses Jogos e olhemos para frente para celebrar os sucessos futuros.”

Leia mais sobre esse assunto em O Globo

 

 

O lado bom da vida… — Nossa gratidão a família de #StefanHenze por doar os seus órgãos. O coração do atleta está vivo entre nós. Oremos por sua alma.

A capacidade de saber externar o pensamento em um texto emocionante, carregado de simbolismos e mensagens de conteúdo humanista é um dos atributos da literatura que mais me encanta na alma humana. Obrigado Adriano De Aquino por nos acrescentar com as suas palavras e nos convidar a refletir… Os órgãos do atleta Stefan Henze foram doados por sua família e salvaram quatro vidas. 

~~~~~~~~~~~~

Por Adriano De Aquino em sua página do Facebook:

14067891_10154334515009566_8275578589060630413_o“Medalhas são lindas. Aos vencedores, minha admiração.
Mas, hoje, meus sentimentos transcendem a admiração.
Aos que negam cumprimentar, xingam e achincalham seus antagonistas, alimentando a cultura do ódio, é inútil pedir um minuto de silêncio e consternação.
Mas foi isso que fiz solitariamente diante do gesto da família de Stefan Henze, técnico da equipe alemã de canoagem slalom, ex-atleta e medalhista olímpico que morreu aos 35 anos, vitima de um acidente na Barra da Tijuca. A família de Henze transcendeu todas as honrarias ao autorizar que os órgãos do atleta fiquem no Brasil, onde morreu.
Na noite de ontem os órgãos do Stefan Henze foram retirados no Miguel Couto e encaminhados a vários hospitais do Rio. O coração do atleta foi transportado para o Hospital de Laranjeiras.
Os seres humanos ainda estão entre nós!”

~~~~~~~~~~

“Zeus, o deus dos deuses, acolheu em seus braços o atleta Stefan Henze (35) que em vida escalou o Monte Olimpo para receber a medalha merecida.
A consternação e a tristeza se transmutaram em alegria ao saber que o coração do ex-atleta alemão voltou a bater no peito de uma mulher (66) que aguardava há um ano um doador compatível. A operação de cinco horas foi realizada na madrugada desta terça-feira no Instituto Nacional de Cardiologia (INC) de Laranjeiras, na Zona Sul do Rio de Janeiro.
A equipe médica monitora a paciente nas primeiras 72 horas e assegura o êxito do transplante.
Vida. O mais precioso legado.
Legado que a família de Stefan Henze concedeu aos pacientes que aguardam na fila de transplante uma nova e melhor condição de vida.”

14053995_10154335959064566_3334863856195947634_n

Aguenta firme porque o Brasil hospitaleiro e solidário é o mesmo das vaias e da zoeira!!

povo brasileiro

“Isto aqui, ô ô
É um pouquinho de Brasil iá iá
Deste Brasil que canta e é feliz,
Feliz, feliz…”

Tendo a considerar que o nosso país é o anfitrião dos Jogos Olímpicos de 2016, não dá pra segurar um certo sentimento de vergonha alheia pelas vaias brasileiras que estamos a ouvir nos estádios e locais de competição. Com certeza poderíamos fazer mais bonito que isso… Mas ao observar a vaia sendo aplicada até ao nosso próprio time de jogadores do futebol masculino que já foi o melhor do mundo cinco vezes, torna-se compreensível que se trata de uma característica do comportamento brasileiro e que obviamente se faz presente nessa edição dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Apesar de compreender a necessidade do povo manifestar e exercer a sua liberdade de expressão conquistada ‘a duras penas’, ainda assim, surge no ar a pergunta que não quer calar: onde foi parar aquela massa alegremente ruidosa que era amada e considerada o povo mais hospitaleiro do Mundo.?! Os tempos mudaram e aquele outro Brasil mudou também, ficou lá atrás…

“É também um pouco de uma raça
Que não tem medo de fumaça ai, ai
E não se entrega não”

  

#ChamaOlímpica sua linda🔥 Boas vindas a #Niterói💜 A Cidade Sorriso te abraça🙌

  
Chegou a vez de #Niterói receber o calor do espírito olímpico! Vem aí a tão esperada #ChamaOlímpica🔥 Que seja bem acolhida pela terra de Araribóia; que a sua Luz crie um rastro e faça brilhar à luz da esperança para nossa cidade, para o Brasil e o Mundo inteiro🙏🔥💜🔥🙏

The twitteramigos Daily

Paperli.PaperWidget.Show({
pid: 'laboure_lima/twitteramigos',
width: 200,
background: '#FB0000'
})

%d blogueiros gostam disto: