O coração que está em paz enxerga amor em todo lugar…

 

15584919853_055204d5fb_o

 

Tem gente que chega e faz o dia melhor e mais bonito…

Tem gente que chega e ilumina a nossa vida inteira…

Assim foi depois que elas chegaram…

O mundo se encheu de luzes e cores…

O coração se tornou um lugar naturalmente aquecido

O frio não assusta quem ama intensamente.

Porque o amor é o agasalho mais poderoso que existe.

 

 

Uma lembrança muito especial da estação dos narizes gelados e dos abraços apertados…

Uma noite de inverno com as minhas filhas, no Tivoli… Copenhagem, Dinamarca.

Anúncios

Vida

image

 

Já perdoei erros quase imperdoáveis,
tentei substituir pessoas insubstituíveis
e esquecer pessoas inesquecíveis.

Já fiz coisas por impulso,
já me decepcionei com pessoas
que eu nunca pensei que iriam me decepcionar,
mas também já decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger,
já dei risada quando não podia,
fiz amigos eternos,
e amigos que eu nunca mais vi.

Amei e fui amado,
mas também já fui rejeitado,
fui amado e não amei.

Já gritei e pulei de tanta felicidade,
já vivi de amor e fiz juras eternas,
e quebrei a cara muitas vezes!

Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
já liguei só para escutar uma voz,
me apaixonei por um sorriso,
já pensei que fosse morrer de tanta saudade
e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo).

Mas vivi!
E ainda vivo!
Não passo pela vida.
E você também não deveria passar!

Viva!!

Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe
e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é muito para ser insignificante.

 

Augusto Branco

Quando você manifesta amor torna sua vida suave…

DMEzpYCX4AAJ-aQ

 

“Aqui reformam-se sonhos, remendam-se corações, alinhava-se otimismo, costuram-se desilusões. Borda-se carinho, pregam-se esperanças, confecciona-se amor, presponta-se ternura, remodelam-se almas. Aceitam-se encomendas. ”

 

(Marilene A. Branquinho)

Tudo afeta tudo – Hilda Lucas

 

CILYeMoUkAA4ROe

 

“Viver é mesmo complicado, um fogo cerrado, um jogo sofisticado, uma dança apaixonada. Difícil é ver em nós mesmos o que apontamos nos outros: os enganos, as fragilidades, as hipocrisias. Duro é constatar as marcas que carregamos por tudo que nos afeta, direta ou indiretamente, só porque vivemos (…).”

 
Hilda Lucas

Felizmente existem aqueles que não desistem… Paz e Bem a todos!

Para cada mil homens dedicados a cortar as folhas do mal, há apenas um atacando as raízes.

Henry David Thoreau

 

10576961_10154501539940075_7440621040815667992_n

 

 

Quem disser que não quer ser feliz está mentindo…

“A felicidade é igual a uma borboleta, quanto mais você corre atrás mais ela se afasta. Daí um dia você se distrai e ela pousa no seu ombro.” – Ou no seu nariz…😍
 
Henry David Thoreau
Borboleta2

Como o romantismo da música Natalie de Gilbert Bécoud inspirou a criação do Café Pushkin em Moscou…

Na passagem do Centenário da Revolução Russa, compartilho do amigo professor António Seco Gândara, um querido amigo que vive em Coimbra-Portugal, uma interessante postagem sobre a música francesa Nathalie de Gilbert Bécaud (1964 -França), homenageada em 04 de Junho de 1999, com a inauguração do Café Pushkin em Moscou.

Vídeo original

—————–

 

Há mais de 50 anos, o lendário cantor francês Gilbert Bécaud visitou Moscovo. Quando voltou a Paris, escreveu a canção “Natalie” e dedicou-a à sua guia russa.
A canção diz qualquer coisa como:

“Caminhávamos à volta de Moscovo, visitando a Praça Vermelha e tu dizes-me que aprendeste coisas sobre Lenine e sobre a Revolução, mas eu só desejava que estivéssemos no Café Pushkin, a olhar a neve lá fora, a beber chocolate quente e a falar sobre algo completamente diferente …”

A canção tornou-se incrivelmente popular em França e, obviamente, todos os turistas franceses que iam a Moscovo tentavam encontrar o famoso “Café Pushkin.”

Mas nunca o conseguiram encontrar, uma vez que existia apenas como uma fantasia poética na canção de Bécaud.

Mas em 1999, esta fantasia poética tornou-se realidade quando um artista franco- russo Andrei Dellos e Andrei Mákhov, abriram o Café Pushkin numa mansão barroca histórica na Rua Tverskoy.

E o mais fantástico desta história – Bécaud, o cantor francês que inspirou tudo, cantou “Natalie” na inauguração do restaurante!

Agora maravilhem-se com o interior e todos os pormenores deste café-restaurante absolutamente fantástico neste site:

http://cafe-pushkin.ru/en/

E escutem a canção

Desvestir o Luto não é esquecer…

DHKBYz4XcAAoKJj

 

“A saudade é um amor que nunca morre…”

A gente entende que o luto acabou quando aprende a lidar com as fotos dos nossos ausentes. O tempo é diferente para cada pessoa. E o coração, assim como o DNA em cada um de nós, nunca é igual. Temos que saber respeitar o nosso próprio tempo, enquanto a razão e o coração encontram o equilíbrio. Sendo assim, aos poucos, podemos perceber que é possível se envolver com as fotografias novamente permitindo o afeto transitar de forma suave em nosso íntimo. Quando olhamos uma foto de alguém que já se foi, em vez de chorar, devemos pensar algumas palavras bonitas que nos conforte e que chegue a alma da pessoa amamos, onde ela estiver.

Os mortos quando saem da vida física vão para a vida nova no espírito. Se libertam da matéria. Por isso a necessidade de lembrarmos dessas almas em nossas orações. Esse é o alimento que os espíritos necessitam para estar em paz. Qualquer um de nós fica feliz ao ser lembrado, não é mesmo? As almas também.

As boas lembranças que trazemos em nosso coração não podem ser sepultadas com os mortos. Algumas pessoas põem em prática o esquecimento por um egoísmo involuntário, ou talvez por acreditar que essa é a melhor forma de evitar sofrimento. E assim tentam esquecer…, mas se pensarmos bem encontraremos outros métodos para lidar com as perdas.

Podemos lembrar dos nossos ausentes sem a prática doentia do autoflagelo. Saudade é amor eterno. Ao contrário do que muitos pensam, saudade não é um vazio. Saudade é um sentimento pleno. Ninguém sente falta do que foi ruim.

Administrar a ausência física é uma tarefa complicada, que só entende quem passa por esse revés. Requer cuidado e muita paciência. As pessoas precisam aprender a conviver com as perdas, se permitindo salvaguardar a saúde emocional.

Um dos aspectos mais significativos de que a vida continua é a percepção do quanto é importante dar sentido a cada novo dia da nossa existência. Preencher o tempo com atividades produtivas é o melhor antídoto contra a tristeza e a depressão. E ter coisas a realizar torna as pessoas ocupadas, mais saudáveis e menos infelizes.

Se permita o pulsar da vida e seja para si mesmo a amizade mais fiel a lhe indicar qual rumo seguir. Ouça a sua intuição e deixe a sabedoria do coração falar mais alto. A vida não é feita de rascunhos, escrevemos a realidade dos nossos dias conforme vivemos.

Faça o seu melhor sem se preocupar com medidas e a resposta virá. Viver não é como misturar medidas exatas de culinária, que ao errarmos um pouquinho perdemos tudo o que foi feito. Não se trata disso. Se observarmos bem, viver é uma experiência fantástica. Somos os alquimistas das nossas próprias receitas. Enquanto a vida acontece podemos criar novas medidas e aperfeiçoar diversas alquimias.

A sensação de experimentar cada coisa ao seu tempo favorece o aprendizado. Quanto mais se aprende, mais se tem a aprender. Na escola da vida ninguém sai diplomado.

Labouré Lima

Sobre abraçar à distância…

silêncio

 

Quando sinto os meus braços curtos demais para alcançar as pessoas que gosto, faço da oração o meu abraço.

#LabouréLima

Paz e Bem!

 

anjo da guarda

 

“Que a noite lhe seja serena e as penas do dia pareçam pequenas. Que os sonhos lhe sejam amenos e anjos tranquilos lhe mandem acenos.”

 

 

Entradas Mais Antigas Anteriores

The twitteramigos Daily

Paperli.PaperWidget.Show({
pid: 'laboure_lima/twitteramigos',
width: 200,
background: '#FB0000'
})

%d blogueiros gostam disto: