#Nirvana – Nem tudo no mundo é Guerra e Violência, também há mensagens de Amor e Esperança

 

 

O coral das ‘Meninas Cantoras de Petrópolis’ nos faz compreender que nem tudo no mundo é Guerra e Violência, também há mensagens de Amor e Esperança.

 

MENINAS CANTORAS DE PETRÓPOLIS.

(The Petropolis Girls Choir – Brazil)

Música: Nirvana.

Arranjos de base: Wilson Nunes e Ricardo Magno

Direção : Willy Domka.

Regência: Marco Aurélio Xavier

More song from MENINAS CANTORAS DE PETRÓPOLIS : http://www.youtube.com/user/mcpetropolis

‘Hallelujah’ entrou para a história como um tributo épico para lembrar Leonard Cohen …

 

Em junho de 2016 Rufus Wainwright se juntou a um coral de 1500 vozes para um tributo ao sogro Leonard Cohen. Foi uma noite mágica para Rufus e os cantores que participaram do Luminato Festival na Hearn Generating Station em Toronto.

Oração de São Francisco –Uma das vozes mais marcantes da música brasileira, Fagner canta acompanhado do Quarteto Iguaçu e da “Orquestra de Cordas de Tunas (Projeto Social com Crianças carentes)”

 

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz. / Onde houver ódio, que eu leve o amor; / Onde houver ofensa, que eu leve o perdão; / Onde houver discórdia, que eu leve a união; / Onde houver dúvida, que eu leve a fé; / Onde houver erro, que eu leve a verdade; / Onde houver desespero, que eu leve a esperança; / Onde houver tristeza, que eu leve alegria; / Onde houver trevas, que eu leve a luz. / Ó mestre, fazei que eu procure mais consolar que ser consolado; / compreender, que ser compreendido; / amar, que ser amado. / Pois é dando que se recebe, / é perdoando que se é perdoado, / e é morrendo que se vive / para a Vida Eterna.

 

 

Panorama ecológico

 

IMG_3412

Lá vem a temporada de flores
Trazendo begônias aflitas
Petúnias cansadas
Rosas malditas
Prímulas despetaladas
Margaridas sem miolo
Sempre-vivas quase mortas
E cravinas tortas
Odoratas com defeitos
E homens perfeitos
Lá vem a temporada de pássaros
Trazendo águias rasteiras
Graúnas malvadas
Pombas guerreiras
Canários pelados
Andorinhas de rapina
Sanhaços morgados
E pardais viciados
Curiós desafinados
E homens imaculados
Lá vem a temporada de peixes
Trazendo garoupas suadas
Piranhas dormentes
Sardinhas inchadas
Trutas desiludidas
Tainhas abrutalhadas
Baleias entupidas
E lagostas afogadas
Barracudas deprimentes
E homens inteligentes

(Roberto Carlos – Erasmo Carlos)

 

 

Classic of Jorge Benjor. This video shows some pictures of the 60`s. Army, Rio, soccer, etc.

 

Mas Que Nada (original – 1963)
Cantor e compositor: Jorge Ben Jor

O ariá raió
Obá obá obá

Mas que nada
Sai da minha frente
Eu quero passar
Pois o samba está animado
O que eu quero é sambar
Esse samba
Que é misto de maracatu
É samba de preto velho
Samba de preto tú

Mas que nada
Um samba como este tão legal
Você não vai querer
Que eu chegue no final

O ariá raió
Obá obá obá
Encontrou algum e

 

Mas que nada Sai da minha frente Eu quero passar

Mas Que Nada (original)
Sérgio Mendes
Compositor: Jorge Ben Jor

O ariá raió
Obá obá obá

Mas que nada
Sai da minha frente
Eu quero passar
Pois o samba está animado
O que eu quero é sambar
Esse samba
Que é misto de maracatu
É samba de preto velho
Samba de preto tú

Mas que nada
Um samba como este tão legal
Você não vai querer
Que eu chegue no final

O ariá raió
Obá obá obá

Link: http://www.vagalume.com.br/sergio-mendes/mas-que-nada-original.html#ixzz45B9MfWvN

Ausência. Uma sensação indescritível. Única.

 

Your Love

I woke and you were there

beside me in the night

You touched me and calmed my fear

turned darkness into light


I woke and saw you there

beside me as before

My heart leapt to find you near

to feel you close once more

To feel your love once more


Your strength has made me strong

Though life tore us apart

and now when the night seems long

your love shines in my heart

Your love shines in my heart

(Ennio Morricone e Dulce Pontes)

#EncontroseDespedidas #FernandoBrant #MiltonNascimento

“Mande notícias do mundo de lá
Diz quem fica
Me dê um abraço venha me apertar
Tô chegando
Coisa que gosto é poder partir sem ter planos
Melhor ainda é poder voltar quando quero

Todos os dias é um vai-e-vem
A vida se repete na estação
Tem gente que chega pra ficar
Tem gente que vai pra nunca mais
Tem gente que vem e quer voltar
Tem gente que vai e quer ficar
Tem gente que veio só olhar
Tem gente a sorrir e a chorar

E assim chegar e partir
São só dois lados da mesma viagem
O trem que chega
É o mesmo trem da partida
A hora do encontro é também despedida
A plataforma dessa estação
É a vida desse meu lugar”

Milton Nascimento e Fernando Brant caminharam como bons amigos na ‘Travessia’ da vida. A parceria que encantou a todos nós, chegou ao fim ontem. O ‘trem da partida’ levou o compositor em sua última viagem. Fernando Brant embarcou na plataforma rumo à ‘vida nova’ na ‘casa do Pai’.  O que nos conforta é a imortalidade da sua obra, pois não faltarão vozes para ecoar suas composições por todos os cantos do Planeta. O Clube da Esquina, Minas Gerais e o Brasil se despedem do compositor Fernando Brant, com muito pesar. Que a sua alma descanse em paz. Amém.

MCE_Fernando-Brant_FT015

Amigo é coisa para se guardar
Debaixo de sete chaves
Dentro do coração
Assim falava a canção que na América ouvi
Mas quem cantava chorou
Ao ver o seu amigo partir

Mas quem ficou, no pensamento voou
Com seu canto que o outro lembrou
E quem voou, no pensamento ficou
Com a lembrança que o outro cantou

Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito
Mesmo que o tempo e a distância digam “não”
Mesmo esquecendo a canção
O que importa é ouvir
A voz que vem do coração

Pois seja o que vier, venha o que vier
Qualquer dia, amigo, eu volto
A te encontrar
Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar

“Eu queria ter na vida / Simplesmente / Um lugar de mato verde / Pra plantar e pra colher / Ter uma casinha branca.. “

casinha branca

Eu tenho andado tão Sozinho / Ultimamente / Que nem vejo à minha frente / Nada que me dê prazer / Sinto cada vez mais longe  / A felicidade / Vendo em minha mocidade / Tanto sonho perecer / Eu queria ter na vida / Simplesmente / Um lugar de mato verde / Pra plantar e pra colher / Ter uma casinha branca / De varanda / Um quintal e uma janela / Para ver o sol nascer / Às vezes saio a caminhar / Pela cidade / À procura de amizades / Vou seguindo a multidão / Mas eu me retraio olhando / Em cada rosto / Cada um tem seu mistério / Seu sofrer, / sua ilusão / Eu queria ter na vida simplesmente / Um lugar de mato verde / Pra plantar e pra colher / Ter uma casinha branca de varanda / Um quintal e uma janela / Para ver o sol nascer…

Pílulas e Pérolas — Concerto para máquina de escrever e Orquestra…

Rapidamente a máquina de escrever ficou para os museus, substituída pelo computador.

As máquinas manuais, que dominaram por cerca de um século, tinham um ruído próprio, que o compositor resolveu utilizar musicalmente.

Por isso o título está certo: temos um concerto e não um conserto.

Agradecemos a MAnW pelo envio desse pequeno filme.

Observamos apenas que com menos palhaçada o efeito provavelmente seria melhor.

Colaboração: texto de Karlheinz Weichert    (11.05.2015)

 Fonte do Vídeo:

ManW concerto para máquina de escrever. Publicado em 23/02/2013. Licença padrão do YouTube.

Entradas Mais Antigas Anteriores

The twitteramigos Daily

Paperli.PaperWidget.Show({
pid: 'laboure_lima/twitteramigos',
width: 200,
background: '#FB0000'
})

%d blogueiros gostam disto: