♫♫♪ Capelinha de Melão é de São João É de Cravo é de Rosa é de Manjericão… ♫♪♫

13537562_10157044064425075_2455755728128644082_n

 

São João no folclore …

Para quem sempre se perguntou o que significa “Capelinha de melão”, eis aqui a explicação da pesquisadora de folclore Nairzinha Spinelli Lauria: é um costume antigo homenagear o santo no dia 24 de junho com a escultura de uma capelina feita de melão (veja na foto), acompanhada de cravo, rosa e manjericão, exatamente como na música!

A festa de São João foi trazida para o Brasil pelos colonizadores portugueses. Na cidade, do Porto, no Norte de Portugal, São João é muito festejado.

Na ocasião, os namorados distribuem cravos e rosas e vasos de manjericão com uma crença de que com isso a relação dos dois dure muito tempo. Daí vem a música…

Capelinha de melão
é de São João,
é de cravo, é de rosa,
é de manjericão.

São João está dormindo,
não me ouve não,
acordai, acordai,
acordai, João.

 

Fonte: para ler a pesquisa completa acesse o site avǒsidade

 

Anúncios

O POETA E A ROSA — Vinícius de Moraes

24909867_10159648398420075_6603120220895070592_n

 

 

O POETA E A ROSA

Rio de Janeiro , 1962

( E com direito a passarinho)

Ao ver uma rosa branca
O poeta disse: Que linda!
Cantarei sua beleza
Como ninguém nunca ainda!

Qual não é sua surpresa
Ao ver, à sua oração
A rosa branca ir ficando
Rubra de indignação.

É que a rosa, além de branca
(Diga-se isso a bem da rosa…)
Era da espécie mais franca
E da seiva mais raivosa.

– Que foi? – balbucia o poeta
E a rosa; – Calhorda que és!
Pára de olhar para cima!
Mira o que tens a teus pés!

E o poeta vê uma criança
Suja, esquálida, andrajosa
Comendo um torrão da terra
Que dera existência à rosa.

– São milhões! – a rosa berra
Milhões a morrer de fome
E tu, na tua vaidade
Querendo usar do meu nome!…

E num acesso de ira
Arranca as pétalas, lança-as
Fora, como a dar comida
A todas essas crianças.

O poeta baixa a cabeça.
– É aqui que a rosa respira…
Geme o vento. Morre a rosa.
E um passarinho que ouvira

Quietinho toda a disputa
Tira do galho uma reta
E ainda faz um cocozinho
Na cabeça do poeta.

Miró e Brubeck. Sinergia estranha, quase selvagem. Absolutamente excitante.

Dave Brubeck Quartet featuring Paul Desmond🎷

“Bluette”

Artist: Joan Miro

 

“Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas.” #RubemAlves

DAP4eqrWsAAjNRZ

 

Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do vôo. Pássaros engaiolados são pássaros sob controle. Engaiolados, o seu dono pode levá-los para onde quiser. Pássaros engaiolados sempre têm um dono. Deixaram de ser pássaros. Porque a essência dos pássaros é o vôo.

Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados. O que elas amam são pássaros em vôo. Existem para dar aos pássaros coragem para voar. Ensinar o vôo, isso elas não podem fazer, porque o vôo já nasce dentro dos pássaros. O vôo não pode ser ensinado. Só pode ser encorajado.

Rubem Alves

Lisboa, menina e moça — em alma e coração…

Um tributo dedicado ao Carlos do Carmo, grande nome do fado.

Dia de Santo Antônio de Lisboa também é dia de homenagear Alfama, com o fado de Carlos do Carmo cantado por 35 fadistas.

Parabéns para a Radio Comercial pela iniciativa de fazer esse vídeo.  Sem dúvida um lindo trabalho com a expressão de múltiplos talentos!

 

Vídeo

Santo Casamenteiro

 

 

tumblr_lgoqwc3nTs1qg7rzo

 

Há muitas versões em torno desta crença. A mais provável é a de que, sendo invocado como santo das coisas perdidas, também passou a ser invocado como casamenteiro, já que não há nada de mais perdido do que o coração humano.

Outra versão dá conta de que Antônio enfrentou o tirano Ezzelino de Pádua que teria baixado um decreto, exigindo que as pessoas trouxessem para o casamento igual dote material e familiar. Assim, rico casava com rico e pobre com pobre. O Santo enfrentou o tirano em praça pública e dizia que as pessoas se casavam com o coração e não com a bolsa. O tirano teve que revogar o decreto. Em gratidão, o povo carregou o Santo nos ombros.

De qualquer forma, nosso Convento já foi palco de muitos casamentos, graças ao Santo Casamenteiro.

Não duvide! Boa sorte!
Santo Antônio, o casamenteiro, está a sua espera.
Pode comprar os foguetes para a festa.
UAU!

 

por Frei Neylor José Tonin

The twitteramigos Daily

Paperli.PaperWidget.Show({
pid: 'laboure_lima/twitteramigos',
width: 200,
background: '#FB0000'
})

%d blogueiros gostam disto: