Santa Clara, Rogai Por Nós!

Clara de Assis

 

Biografias e Legendas dos primeiros séculos franciscanos se esmeraram em traçar um terno e irretocável perfil de Santa Clara que, aos 18 anos, abandonou a casa de seus pais para seguir as pegadas daquele que foi “seu único pai, depois de Deus, São Francisco, sua alegria, seu mestre e aquele que, por primeiro, a estabeleceu na graça de Deus”.

São Francisco mesmo a amava “com uma paternal afeição”, a ponto “de manifestar o desejo de vê-la, antes de morrer”.

A mais bonita frase, que jamais será superada, em referência a ela, foi criada por Tomás de Celano, o primeiro biógrafo de São Francisco: “FOI CLARA DE NOME, MAIS CLARA POR SUA VIDA E CLARÍSSIMA EM SUAS VIRTUDES”.

Sobre o amor que ligava Francisco e Clara, podemos dizer: Onde a pureza é o clima e a sacralidade do respeito cria o templo do enamoramento, as palavras sempre serão demasiadas, já que o silêncio vem carregado de uma presença fecunda, arrebatadora e inefável.

Frei Neylor J. Tonin, frade menor e pecador.

The twitteramigos Daily

Paperli.PaperWidget.Show({
pid: 'laboure_lima/twitteramigos',
width: 200,
background: '#FB0000'
})

%d blogueiros gostam disto: