Uma grande perda para a poesia… RIP Ferreira Gullar.

Nunca nutri simpatia pelo comunismo, mas pelas atribuições na vida literária tive que conviver com alguns autores marxistas. Um deles, publicou vários títulos por minha editora. Era um bom ensaísta, que sabia aprofundar-se nas pesquisas. Sempre muito distinto e culto, gostava de recebê-lo no escritório da editora para um café e um bom papo. Na saída, como de costume, por ser católica, eu dizia a ele: “vá com Deus”. E ouvia dele a seguinte resposta: “se Ele quiser ir comigo, eu não me oponho”.

Espero que o poeta Ferreira Gullar também não se oponha.

“Vá com Deus e descanse em paz”.

Labouré Lima

oficina-de-poemas-power-point-word-e-internet-24-638

Ferreira Gullar

Era o pseudônimo de José Ribamar Ferreira, foi escritor, poeta, crítico de arte, biógrafo, tradutor, memorialista e ensaísta brasileiro e um dos fundadores do neoconcretismo. Foi o postulante da cadeira 37 da Academia Brasileira de Letras, na vaga deixada por Ivan Junqueira, da qual tomou posse em 5 de dezembro de 2014.

Nasceu em São Luís-MA, no dia 10 de setembro de 1930. Ele era um dos onze filhos do casal Newton Ferreira e Alzira Ribeiro Goulart.

Sobre o pseudônimo, o poeta declarou o seguinte: “Gullar é um dos sobrenomes de minha mãe, o nome dela é Alzira Ribeiro Goulart, e Ferreira é o sobrenome da família, eu então me chamo José Ribamar Ferreira; mas como todo mundo no Maranhão é Ribamar, eu decidi mudar meu nome e fiz isso, usei o Ferreira que é do meu pai e o Gullar que é de minha mãe, só que eu mudei a grafia porque o Gullar de minha mãe é o Goulart francês; é um nome inventado, como a vida é inventada eu inventei o meu nome”.

Morando no Rio de Janeiro, participou do movimento da poesia concreta, sendo então um poeta extremamente inovador, escrevendo seus poemas, por exemplo, em placas de madeira, gravando-os.

Ferreira Gullar foi militante do Partido Comunista Brasileiro e, exilado pela ditadura militar, viveu na União Soviética, na Argentina e Chile. Ele comentou que bacharelou em subversão em Moscou durante o seu exílio, mas que atualmente devido a uma maior reflexão, experiência de vida, e de observar as coisas irem acontecendo se desiludiu do socialismo e que o socialismo não faz mais sentido pois fracassou.

(…) toda sociedade é, por definição, conservadora, uma vez que, sem princípios e valores estabelecidos, seria impossível o convívio social. Uma comunidade cujos princípios e normas mudassem a cada dia seria caótica e, por isso mesmo, inviável.

Ferreira Gullar


Nunca nutri simpatia pelo comunismo, mas devido as atribuções literárias tive que conviver com alguns marxistas. Um deles, publicou vários títulos por minha editora. Era um bom ensaísta, que sabia aprofundar-se nas pesquisas. Sempre muito distinto e culto, gostava de recebê-lo no escritório da editora para um café e um bom papo. Na saída, como de costume por ser católica, eu dizia a ele: “vai com Deus”. E ouvia dele a seguinte resposta: “se Ele quiser ir comigo, eu não me oponho”.   

Espero que o poeta Ferreira Gullar também não se oponha.

“Vá com Deus e descanse em paz”.

Labouré Lima

Anúncios

Imagem

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. trimrevista
    dez 11, 2016 @ 17:23:40

    Que enriquecedora esta informação sobre o pensamento de Ferreira Gullar. Só quem pode conviver com ele teria tal conhecimento.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Labouré Lima
    dez 04, 2016 @ 20:22:54

    Estão sendo mesmo

    Curtido por 1 pessoa

  3. mariel
    dez 04, 2016 @ 20:21:08

    Dias difíceis

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

The twitteramigos Daily

Paperli.PaperWidget.Show({
pid: 'laboure_lima/twitteramigos',
width: 200,
background: '#FB0000'
})

%d blogueiros gostam disto: