Quem foi amor sempre deixa saudade.

Arvore-da-Vida-22Abr2011_27

Dia de finados se aproxima e é inevitável refletir sobre os nossos ausentes… essas pessoas queridas que nos deixaram no escuro da solidão e do luto, ao partir dessa vida.

Haja força para remar o barco da saudade e esperar arrefecer a emoção da perda. O tempo do luto difere de coração para coração. Uns são mais sensíveis e emocionais, se perdem no vazio da ausência. Outros são mais práticos e superam pelo método substitutivo, buscam ocupações que os absorva. A saudade é uma dor que reclama a ausência das pessoas queridas que perdemos e sempre estará envolta em um turbilhão de sentimentos confusos. Não há remédio melhor que o tempo, ele é um forte aliado para se alcançar o estágio da aceitação e reorganizar as emoções. É aquele ponto que se pode comparar a um tipo de cura da alma. A cicatriz está lá, mas a ferida já não está mais aberta. O ciclo natural da vida se rompe com a morte, mas continua para quem fica. Superar a dor da perda é muito importante, faz parte do processo de evolução da alma humana.  Cedo ou tarde, todos conseguem aquietar o espírito e prosseguem na vida naturalmente. Viver é uma dádiva que não podemos desperdiçar.

Labouré Lima

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

The twitteramigos Daily

Paperli.PaperWidget.Show({
pid: 'laboure_lima/twitteramigos',
width: 200,
background: '#FB0000'
})

%d blogueiros gostam disto: