Partindo das Cinzas… para a Reflexão, o Perdão e a Luz da Renovação!

Os dias de carnaval são de muita folia e diversão, e por ser assim, é uma festa que  se caracteriza pela revelação da alegria escondida… aquela que estava represada e que sem pudor é exibida na plenitude da festa profana. Em certos casos, uma explosão de pecados. Afinal, temos uma natureza humana e somos falíveis! Todos sabemos que o lugar dos Santos é o Céu! E pra não desanimar os interessados, muitos Santos foram grandes pecadores, antes da conversão.

Durante o tríduo momesco, ouve-se muitas conversas… num desses dias, eu estava na praia quando ouvi a revelação de uma jovem, sobre a pratica quaresmal que ela e o marido vivenciaram no ano passado. Ambos fizeram jejum de carne durante quarenta dias e o resultado pra eles foi uma sucessão de acontecimentos felizes. “Valeu a pena o sacrifício de jejuar, porque depois aconteceram coisas lindas e importantes na nossa vida!” – disse ela.

O tempo da Quaresma começa na Quarta-feira de Cinzas e temina na Quinta-feira da Semana Santa. É um período de revisão de sentimentos experimentados na nossa vida diária. São 40 dias, sem contar os Domingos que já é dedicado ao Senhor. Ou, quarenta e seis dias ininterruptos.

Sendo de uma família de hábitos tradicionais, cresci  como praticante do jejum e abstinência de carne na Quarta-feira de Cinzas e Sextas-feiras, da Quaresma até a Semana Santa. Mas confesso que depois de ouvir o depoimento da jovem, fiquei instigada pelo objetivo de fazer um jejum completo, pela primeira vez.  Quero cumprir quarenta e seis dias corridos, na verdade o tempo não me assusta porque ele passa rápido demais! Pensando com coerência, há muita gente vegetariana que não come carne. E isso não chega a ser um sacrifício, mas opção de vida para essas pessoas. Razão sufuciente para pensar em algo mais significativo, como abrir mão de  algum  hábito importante na vida diária, por quarenta dias. Talvez,  seja o momento de repensar aquele jeito intransigente, pouco compreensivo ou incapaz de perdoar.  Quem sabe mesmo,  ter a coragem de faxinar uma velha mágoa?  Imagine a alegria de se deixar renovar pela emoção de um coração passado a limpo! Observando com critério, é apenas uma questão de exercitar a disciplina e entregar tudo nas mãos de Deus,  numa verdadeira prova de amor pelo sacrifício que JESUS viveu!

A considerar pelos benefícios que se refletem na almejada renovação ou renascimento – como preferir – será um grande  investimento nos próximos tempos que se pretende viver.

Sempre acreditei que somos os artífices da nossa própria felicidade. Com percepção e Fé descobriremos que ela está dentro de nós! Encontrá-la é questão de observar a sábia decisão de querer construir uma vida diferente e melhor!

 

Foto: Lençois Maranhenses.  Clicada por Ana Paula Ribeiro.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

The twitteramigos Daily

Paperli.PaperWidget.Show({
pid: 'laboure_lima/twitteramigos',
width: 200,
background: '#FB0000'
})

%d blogueiros gostam disto: